Compra da Oi Móvel é aprovada pelo Cade; entenda o que muda

 Compra da Oi Móvel é aprovada pelo Cade; entenda o que muda

A Oi Móvel foi vendida para o consórcio de operadoras Claro, TIM e Vivo após a operadora brasileira não conseguir arcar com as dívidas mesmo após a tentativa de recuperação judicial, somando um saldo negativo que ultrapassa os R$ 21,5 milhõesno últiimo ano.


COMPRA DA OI PELA VIVO, TIM E CLARO

O processo de compra foi iniciado ainda em 2021 e aprovado na última quarta-feira (9) pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no valor de R$ 16,5 bilhões divididos entre as companhias de telecomunicações Vivo, Claro e TIM.

Conforme acordado entre as empresas, os atuais clientes da Oi Móvel — setor vendido para as rivais — serão migrados automaticamente para uma das três operadoras de acordo com o DDD do número de telefone, dispensando contato com a Central de Atendimento para efetuar a portabilidade da conta.

Apesar do processo ser automático, as operadoras de destino entrarão em contato com os consumidores da Oi para confirmar a portabilidade. No entanto, caso o cliente não queira a empresa determinada poderá solicitar que seu número seja transferido para uma de sua preferência.

Segundo informações, a Claro será a empresa que mais irá absorver clientes da Oi Móvel, totalizando 15 milhões, seguida pela Tim e Vivo com 14,5 e 10,5 mi, respectivamente.

Claro:

DDD’s 13, 14, 15, 17, 18, 27, 28, 31, 33, 34, 35, 37, 38, 43, 44, 45, 46, 47, 48, 49, 71, 74, 77, 79, 87, 91, 92;

TIM:

DDD’s 11, 16, 19, 21, 22, 24, 32, 51, 53, 54, 55, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 73, 75, 89, 93, 94, 95, 96, 97, 99.

Vivo:

DDD’s 12, 41, 42, 81, 82, 83, 84, 85, 86, 88, 98.

Os clientes atuais da Claro, TIM ou Vivo não serão afetados pela mudança e podem continuar utilizando suas linhas normalmente. No caso da Oi, não há detalhes sobre a situação dos planos atuais, isto é, se serão cancelados ou mantidos.

VEJA MAIS SOBRE OI


Lucas Ribeiro

Postagem relacionada